sexta-feira, 8 de novembro de 2013

195.


Foto de M

Quando olhei para cima e vi aquela imagem no vidro da janela pensei como seria quem ali morava. Estaria com a telha? Teria telhas? Dar-lhe-ia na telha sair porta fora por já não suportar tamanha invasão de casa alheia?
Não faço ideia mas eventualmente terão acabado por se entender pois que todos temos telhados de vidro. Ou melhor, neste caso será mais apropriado dizer-se telhado no vidro, o que tornaria a convivência mais frágil, a exigir cuidados redobrados.

M

4 comentários:

bettips disse...

Apropriada reflexão (não sendo caseira pois que não lembro essa paisagem por aí...). Cheira-me a lavanda e andares.
Tem a finura do vidro (a falar) e a argúcia do reflexo(a pensar). Bjs

heretico disse...

não atirarei pedras a tais "telhados" no vidro...

reflexões subtis - as tuas.

beijo

frioleiras disse...

Ainda te lembras de mim? ...

(gostei mt de passar p aqui...

bj)

(frioleiras)

Justine disse...

É tão bom brincar com as palavras, não é? E como tu o fazes bem:)))))
Deixaste-me a sorrir!